Acesso Rápido

Prestação de contas

Licitações

Editais e Contratos

Diário oficial

Iluminação Pública

Portal da transparência    

Notas fiscais    

PREVIPER    

Notícias

20/04/2016
Perdões antecipa vacinação contra a gripe H1N1
Saúde - Saúde

Perdões antecipa vacinação contra a gripe H1N1

Secretaria de Saúde recebeu duas mil doses até o momento


Mesmo não tendo registrado nenhum caso suspeito de contaminação pelo vírus da gripe H1N1, a Secretaria Municipal de Saúde de Perdões conseguiu antecipar a vacinação das pessoas que fazem parte do grupo de risco. A medida foi tomada após suspeitas de mortes de pacientes em cidades vizinhas como Lavras, Campo Belo e Nepomuceno.

Todos os postos de saúde e PSFs da cidade começaram a vacinação na última segunda-feira (18) dos grupos prioritários, formados por pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, mulheres que deram à luz há menos de 45 dias e portadores de doenças crônicas (como diabetes, asma, bronquite e hipertensão), e outras condições clínicas especiais, como pessoas transplantadas. 

No primeiro dia da vacinação, os postos ficaram lotados, principalmente por mães que levaram seus filhos menores com medo da doença.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Elizane Bernardes Vilela, Perdões recebeu – até o momento - apenas 2.080 doses da vacina contra o H1N1. A expectativa é de receber mais lotes do medicamento na próxima semana, quando devem ser vacinadas outras pessoas do grupo prioritário.

Oficialmente, a campanha de vacinação contra a gripe H1N1 vai começar no Estado no próximo dia 30. Mas devido ao registro de casos suspeitos e mortes em algumas cidades da região, a Secretaria Estadual de Saúde resolver antecipar a imunização.

A vacina aplicada é a trivalente, que protege contra H1N1, H3N2 (ambos vírus da Influenza A) e uma cepa da Influenza B. Em clínicas particulares, a vacina custa mais de R$120,00.
Em Minas, a Secretaria Estadual de Saúde já confirmou quatro mortes causadas pelo vírus da gripe H1N1.

Para controlar a gripe, a prevenção continua sendo o melhor caminho. As recomendações são: medidas de higiene como lavar bem as mãos com água e sabão, com frequência; utilizar o antebraço ou o lenço de papel quando for tossir ou espirrar (evitando assim cobrir a boca com as mãos); evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies; não compartilhar objetos de uso pessoal e manter os ambientes bem ventilados.

TIRE SUAS DÚVIDAS


Gripe e resfriado é a mesma coisa?
Não. Gripe é diferente de resfriado, que é uma infecção causada por vários tipos de vírus. É raro a aparecimento de febre em resfriado, mas é comum coriza, tosses e espirros. É mais brando, dificilmente gera complicações.

A gripe pode matar?
Pode. Se a Gripe não for tratada a tempo, pode causar complicações graves e, inclusive a morte, principalmente, nos grupos de alto risco, como crianças menores de cinco anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Os fumantes são mais vulneráveis ao vírus da gripe e resfriado?
Sim. Isto acontece devido a toxina contida no cigarro degenerar rapidamente o sistema imunológico. Os fumantes que estão com a gripe também tem mais propensão a desenvolver a fase mais grave da doença, uma vez que as células do pulmão estão mais danificadas, se compararmos com uma pessoa não-fumante.

Beber bastante líquido ajuda a prevenir da gripe?
Com certeza. Beber bastante líquido (água, chá e sucos naturais) é fundamental para ajudar o organismo a combater a infecção causada pela gripe ou resfriado. A ingestão de líquido facilita ainda a eliminação da secreção que entope o nariz e deixa o pulmão carregado.

Se estou grávida, tem alguma recomendação para o tratamento de gripe ou resfriado?
Sim, tem algumas recomendações. A primeira delas e a mais importante é procurar uma Unidade de Saúde ou o médico que acompanha o seu pré-natal. O profissional de saúde lhe dará orientações personalizadas, de acordo com o seu histórico de saúde e do bebê. Além disso, é muito importante que a gestante não se automedique, beba bastante líquido e faça uma dieta equilibrada.

DICAS DE PREVENÇÃO
Lave bem as mãos com água e sabão;
Beba bastante água. Manter as vias respiratórias bem hidratadas dificulta a entrada de vírus e bactérias;
Evite locais com muitas pessoas e com pouca circulação de ar;
Mantenha a janela do ônibus sempre aberta, mesmo em dias mais frios;
Sempre jogue os lenços de papel no lixo;
Nunca use as mãos para tossir ou espirrar;
Ao tossir ou espirrar, use a parte interna do braço, na área superior das mangas da roupa;
Evite compartilhar alimentos, copos, talheres, toalhas e outros objetos de uso pessoal;
Crianças menores de seis meses, que ainda não receberam todas as vacinas, não devem ser expostas a locais com aglomerações de pessoas, como shoppings e ônibus;
Não tome medicamentos sem orientação médica;
Diante de qualquer sintoma de gripe, procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima.

FONTE COMPLEMENTAR: saude.mg.gov.br
 

Tempo em Perdões

Enquete